02/05/2012

JUSTIÇA CONDENA ACUSADO DE GUIAR MOTOCICLETA EMBRIAGADO.


A 22ª Vara Criminal Central de São Paulo condenou F.S.S. a 7 meses de detenção, em regime inicial semiaberto, além do pagamento de 11 dias-multa e da suspensão para conduzir veículos automotores durante 3 meses, por dirigir embriagado.
Consta da denúncia que, em 21 de agosto de 2010, no cruzamento das Avenidas Duque de Caxias e Rio Branco, no centro da Capital, o acusado conduzia uma motocicleta em via pública, estando com a concentração de álcool por litro de sangue superior ao limite legal.
Na sentença condenatória, a juíza Maria dos Anjos Garcia de Alcaraz da Fonseca decidiu pela “substituição da pena corporal por prestação de serviços à comunidade, por igual período e na forma que vier a ser disciplinada pela Vara das Execuções Criminais”. A magistrada concedeu a F.S.S. o direito de recorrer em liberdade.

Processo nº 0067275-64.2010.8.26.0050

Comunicação Social TJSP – AS (texto) /AC (foto ilustrativa)